Ubuntu Global Network reuniu em Lisboa

Ubuntu Global Network reuniu em Lisboa

No dia em que as Nações Unidas celebraram o Dia Internacional para a Prevenção da Exploração Ambiental em Período de Guerra e Conflito Armado, 7 de Novembro, a Ubuntu Global Network (UGN) reuniu-se em Lisboa, na Fundação Calouste Gulbenkian, para celebrar os passos do último ano repleto de conquistas e pensar o caminho de futuro que se avista.Presidido por John Volmink, Presidente da UGN, a iniciativa contou com a com a participação das delegações da Colômbia, África do Sul, Brasil, Peru, Quénia, Filipinas, Guiné-Bissau, Senegal e Médio Oriente. Percorrendo o mundo em duas horas com os planos e estratégias para expandir o alcance da Academia de Líderes Ubuntu em 2022, também os representantes da Associação Academia de Líderes Ubuntu LATAM, Eduardo Seidenthal e Beatriz Castro e do Secretariado Executivo do African Chapter da UGN, Moses Machipisa, trouxeram as suas prespectivas.As iniciativas foram recebidas com grande entusiasmo pelos participantes conectados a partir de todo o mundo, reforçando o compromisso Ubuntu e a vontade de gerar mudança rumo a sociedades mais justas.


Imprimir